Livox: app nacional promove acessibilidade

Há pouco mais de cinco anos, a realidade de Carlos Pereira era a seguinte: uma filha linda (olha que jóia rara na foto abaixo) com paralisia cerebral por conta de um erro médico no parto; a impossibilidade de se comunicar com ela pois o único aplicativo desenvolvido para o caso só existia em inglês e os desenvolvedores não tinham interesse de entrar no mercado brasileiro; e pendurado na parede, o diploma dele de Analista de Sistemas. Veja a matéria do Blog do Tas.