Aprovado projeto de Andrea Matarazzo que prevê mais banheiros públicos para São Paulo


A Câmara Municipal aprovou na noite da terça-feira, 9,  em primeira votação, Projeto de Lei (PL 361/2014) de autoria do vereador Andrea Matarazzo propondo  que sanitários de  estabelecimentos comerciais ou de serviços que estejam dentro das normas municipais possam ser objeto de Termo de Cooperação entre o Poder Público e a iniciativa privada.

Na prática isso quer dizer que se uma empresa se interessar pela  reforma/manutenção dos sanitários de uma lanchonete, por exemplo, poderia, seguindo critérios estabelecidos, expor sua marca numa placa fixada na entrada daquele estabelecimento, cujas instalações sanitárias passariam a ser abertas ao público em geral e não apenas aos clientes.

“Para a elaboração deste PL levei em conta a bem sucedida iniciativa dos Termos de Cooperação para manutenção e reformas das praças existentes na nossa cidade”, afirma Andrea Matarazzo. “Dessa forma, abrimos uma importante porta para ampliação do número de sanitários públicos, proporcionando maior conforto não apenas população paulistana, mas também para milhares de pessoas que, vindas de ouros centros do país ou do exterior, visitam diariamente São Paulo seja para realizar negócios ou para curtir a intensa agenda cultural da cidade”, acrescenta o vereador.

A cidade de São Paulo tem mais de 43 mil estabelecimentos, como bares e restaurantes (Dados são da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), que poderiam aderir.