As calçadas de São Paulo


São Paulo é uma metrópole com mais de 11 milhões de habitantes e 35 mil quilômetros de calçadas.

Hoje, 35% dos deslocamentos são feito por pedestres e estes deslocamentos são muito prejudicados por calçadas esburacadas, com degraus e desníveis. Isso sem falar nas dificuldades encontradas por idosos e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

A meu ver, uma prioridade seria a prefeitura refazer 20% das calçadas de São Paulo. Com 7 mil quilômetros de calçadas nas chamadas rotas estratégicas, vamos conseguir oferecer condições infinitamente melhores à grande maioria dos pedestres.

Pela importância que dou a calçadas boas, fiz um projeto de lei desde o início do meu mandato que prevê que a prefeitura seja responsável por todas as calçadas da cidade- da mesma forma que é responsável pelo recapeamento de ruas e corredores de ônibus. Esta é a forma de termos calçadas uniformes e bem feitas, desde que a prefeitura trabalhe para isso.

Li esta semana que o prefeito Haddad finalmente falou sobre calçadas. Diz ele que fará mil quilômetros até o fim de seu mandato. Seriam 300 quilômetros de novas e 700 quilômetros de calçadas refeitas. Isso significa fazer 1,63 km de calçadas por dia. Pelo histórico de ineficiência apresentado até agora por essa prefeitura, infelizmente acho difícil que isso aconteça.