Cidade Limpa


Uma São Paulo menos poluída surgiu com a Lei Cidade Limpa.

O ano de 2007 marcou um novo tempo para São Paulo. Uma mudança radical revelou uma cidade que muitos paulistanos não conheciam. De repente, apareceram parques, prédios de arquitetura interessante, fachadas, árvores e uma paisagem que antes estava escondida atrás de placas, falsas marquises, pórticos e outras estruturas que poluíam o visual de uma cidade que, afinal, recuperou sua beleza.

Foram os primeiros resultados da Cidade Limpa, uma lei que teve apoio instantâneo das pessoas, que passaram a denunciar abusos e ajudar a Prefeitura a fiscalizá-la. Com ela também mudou a relação que as pessoas têm com a cidade, e isso faz toda a diferença. Graças à Lei Cidade Limpa, que Andrea Matarazzo ajudou a implantar e fiscalizar quando coordenou as Subprefeituras, o paulistano hoje tem uma São Paulo mais humana e menos poluída.

 

A Lei Cidade Limpa fez ressurgir uma São Paulo mais bela e o amor do morador pela cidade. Hoje, assim como o eleitor já se acostumou a votar nos candidatos com ficha-limpa, tenho certeza de que vai votar também naqueles que se preocupam em manter sua cidade limpa.