Comer bem gastando pouco nas ruas de São Paulo

O Guia da Folha percorreu as ruas de São Paulo e listou diversas opções criativas para comer bem, gastando pouco na cidade. Com a aprovação do projeto de lei de Andrea Matarazzo para regulamentar a comida de rua na cidade, chefs de cozinha e micro-empresários organizam eventos gastronômicos, improvisam barracas e investem em food-trucks enquanto aguardam o decreto regulamentador da Prefeitura

Saiba tudo sobre a nova Lei para Comida de Rua

Quer exercer legalmente a atividade de comida de rua legalmente ou montar um food truck? Participe do Encontro Saiba tudo sobre comida de rua, dia 4 de fevereiro, às 11h, Câmara Munucipal. Durante o encontro apresentaremos a Lei Comida de Rua, distribuiremos uma cartilha que explica o que fazer passo a passo para obter a permissão para trabalhar no setor e minha equipe estará à disposição para esclarecimento geral de dúvidas.

Lei Nº 15.947 – Comida de rua

A Lei 15.947 – Comida de rua, de autoria de Andrea Matarazzo, sancionada em 26/12/2013 pelo Prefeito Haddad, visa regulamentar o comércio de alimentos em áreas públicas e ruas da cidade. Antes da aprovação desta lei, só vendedores de hot dog e pastel podiam vender comida em via pública. Todos os demais alimentos – de lanches a refeições – comercializados nos arredores de faculdades e saídas de estádios de futebol, eram proibidos.