Matarazzo cobra que Haddad cumpra suas metas


Em discurso no plenário da Câmara, o líder do PSDB Andrea Matarazzo cobrou promessas do prefeito Fernando Haddad que estão longe de serem cumpridas.

O SR. ANDREA MATARAZZO (PSDB) – (Sem revisão do orador) – Sr. Presidente, Srs. Vereadores, quero destacar alguns pontos sobre as metas da Prefeitura que temos permanentemente visto nos jornais. Em janeiro, por exemplo, muito foi divulgado sobre os corredores: 150 quilômetros foram prometidos, mas não mais que 39 quilômetros foram entregues até agora e não será cumprido sequer um terço dessa meta.

A Avenida Paulista, da qual sempre me orgulhei bastante e que passou por uma revitalização, com a retomada do comércio e troca de calçadas com foco na acessibilidade, hoje não é mais a avenida símbolo da nossa cidade e se transformou num grande corredor de ambulantes que comercializam produtos chineses, contrabando e carga roubada.

As Feiras do Rolo, que tinham sido eliminadas da Cidade, voltaram com força total, e todos sabemos o quanto são danosas. Aliás, na Bela Vista, onde existia aquela feirinha tradicional, perto das escadarias, ao lado, se instalou uma Feira do Rolo que vai ocupando todo o espaço daquela região.

No transporte público, onde estão as melhorias? Tenho a certeza de que o nobre Vereador Senival Moura depois nos contará. Espero que sim, pois o Vereador Senival conhece o assunto, e eu gostaria muito de ouvir depois um balanço do que tem sido feito para melhorar o transporte da nossa cidade.

Vimos, ontem, o crescimento da implantação de radares na nossa cidade, a quantidade de radares feitos sem sinalização que os acompanhe, que alerte os motoristas, transformando o que deveria ser uma ação disciplinadora numa verdadeira fábrica de multas na nossa cidade.

Acho que isso mostra o que tem sido a gestão do Prefeito Haddad.

Ontem, Vereador Claudinho de Souza, passando pela Brigadeiro Luís Antônio, vi que, de repente, havia uma faixa de ônibus, outra de carros, e abriram a mão ao contrário para os carros também. Em um local onde não havia trânsito, estava tudo bem, foi improvisada essa mudança, criando tantos problemas aos usuários. Pelo menos, o Sr. Prefeito falou algo sobre esse assunto que achei interessante: que ia testar e, se não funcionasse, voltaria atrás. Que bom! Só que, realmente, não é o caso de São Paulo ser transformada num laboratório.

Digo tudo isso para que as pessoas fiquem alerta com relação à gestão da nossa cidade. São Paulo é uma cidade complexa e importante, que precisa de gente qualificada na sua gestão, uma qualificação e especialização em Gestão de Cidades, Administração Pública, para que consiga resolver, identificar e, principalmente, solucionar os problemas que os nossos cidadãos enfrentam todos os dias.

Eu tenho a certeza de que a pessoa que mora em Marsilac, na Vila Progresso ou no Jardim Kemel não está nem aí se a Avenida Paulista fica ou não aberta aos finais de semana. Mas está preocupada com a pavimentação de ruas, com o recapeamento e com a iluminação, assuntos que nós não estamos vendo a Prefeitura de São Paulo atender com a urgência necessária de que a nossa Cidade precisa.

E o Jardim Peri? Completamente abandonado há anos. Nada foi feito ainda nesta gestão que pudesse atenuar o sofrimento das pessoas que moram ali.

Sr. Prefeito, faço uma sugestão: visite os lugares. Agora, haverá eleição, e vi que V.Exa. está saindo do gabinete. É muito importante, porque a Cidade pede urgência na solução dos seus problemas.

Muito obrigado. (Palmas)