Passa o Carnaval, ficam os problemas


A Vila Madalena sempre foi um tradicional bairro boêmio de São Paulo. Suas ruas recebem diariamente centenas de pessoas que buscam diversão e descontração. Mas nesse Carnaval não foi isso que aconteceu.

A prefeitura licenciou vários blocos de rua sem pensar nas consequências que iriam gerar. A programação na Vila Madalena foi intensa. Eram trios elétricos de noite e de dia que juntavam milhares de pessoas que só pensavam em se divertir. Mas, como nada disso foi planejado, as consequências foram desastrosas.

Ruas sujas, música alta até de madrugada, diversas brigas e desrespeito aos moradores. Estes foram os resultados das noites de horror vividas na Vila Madalena durante o Carnaval. Isso sem falar nos problemas no trânsito da região causados pelo fechamento das ruas e nos excessos cometidos pelos foliões.

O Carnaval é uma tradicional festa brasileira e deve sim ser celebrado. Mas nem por isso precisa ser o caos que foi este ano. É preciso haver planejamento, organização e fiscalização para garantir que cada um aproveite seu feriado sem causar transtornos aos outros.

Escrevi sobre o tema em artigo no jornal Diário de São Paulo. Leia aqui.