Poda de árvores agora pode ser autorizada por engenheiro agrônomo


A Lei (nº 16.137/2015) criada pelo vereador Andrea Matarazzo, que agiliza a poda de árvores na cidade de São Paulo, foi regulamentada pela Prefeitura.

A partir de agora, os engenheiros agrônomos das subprefeituras são os responsáveis por autorizar serviços de podas de árvores em locais públicos da capital.

A grande mudança é que o laudo não mais precisará ter o aval do subprefeito e isso vai agilizar o serviço de poda na cidade, que no período de dezembro de 2014 a março de 2015 teve número recorde de quedas de árvores (quase duas mil).

“Detectei este gargalo quando fui secretário das Subprefeituras (de 2006 a 2009) e para fazer este projeto conversei bastante com engenheiros agrônomos do município, representantes do sindicato dos engenheiros e com associações de bairro. Com a sanção da lei o tempo para a realização da poda vai diminuir”, disse Matarazzo, líder do PSDB na Câmara Municipal de São Paulo.

De acordo com relatório da Ouvidoria Geral da Cidade de São Paulo referente ao ranking das reclamações que chegaram ao órgão ao longo de 2014, a questão da jardinagem é a segunda maior demanda dos paulistanos. As pessoas esperam até dois anos para que a poda seja feita.

A íntegra da Lei está disponível aqui.