Matarazzo vota contra mais funcionários e é destaque na mídia


A Câmara Municipal aprovou um projeto que vai aumentar o número de funcionários por gabinete.  Serão riar 660 novos assessores nos gabinetes.

O líder do PSDB na Câmara, vereador Andrea Matarazzo, votou contra o projeto. Ele justifica que o Brasil vive um momento de crise e portanto não faz sentido criar novos cargos agora. “Estamos num momento de ajuste fiscal no país, com retração de custos de governo e recessão para a sociedade. Não é o momento de debater isso mesmo que o projeto não tenha aumento de despesas”, afirmou Matarazzo.

A posição do vereador foi destacada em veículos da imprensa, entre eles a Folha de S. Paulo e o jornal O Estado de S. Paulo.

Matarazzo falou também à Rádio Estadão sobre seu posicionamento contra o projeto: