Corredores, faixas e taxis

Os taxistas dos quatro cantos de São Paulo, que vivem realidades tão diferentes de uma cidade tão desigual, têm uma reclamação em comum: as faixas e corredores de ônibus. Os taxis deveriam poder usá-las até quando estivessem sem passageiros, sendo que muitas poderiam ser exclusivas para ônibus somente nos horários de pico, das 7h às 10h e das 17h às 20h.