Mais verba para calçadas (mobilidade)

Segundo levantamento do Hospital das Clínicas, em 2012 uma a cada cinco vítimas da chamada “queda da própria altura” atendida no pronto-socorro havia caído em uma calçada. Isso decorre do mau estado de conservação dos passeios públicos. Diante dessa problemática propus reforçar a verba destinada para Reformas e Acessibilidade em passeio públicos, com o objetivo de reformar 875 km lineares de calçadas, dentro do programa de reforma de 3,5 mil km, no período do PPA 2014 a 2017.

Tesouros da África

O Museu Afro Brasil mostra a contribuição do negro ao país por meio de três vertentes: memória, história e arte. Com pinturas, esculturas, gravuras, documentos, fotografias e peças etnológicas, é possível encontrar traços das diversas representações da cultura africana e afro-brasileira, na perspectiva de autores nacionais e internacionais.  Um acervo com mais de cinco mil obras produzidas desde o século XV aborda temas como religião, trabalho, arte, história e escravidão.

Livox: app nacional promove acessibilidade

Há pouco mais de cinco anos, a realidade de Carlos Pereira era a seguinte: uma filha linda (olha que jóia rara na foto abaixo) com paralisia cerebral por conta de um erro médico no parto; a impossibilidade de se comunicar com ela pois o único aplicativo desenvolvido para o caso só existia em inglês e os desenvolvedores não tinham interesse de entrar no mercado brasileiro; e pendurado na parede, o diploma dele de Analista de Sistemas. Veja a matéria do Blog do Tas.