Depoimentos em vídeo de Mara Gabrilli e Claudia Matarazzo

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=ycPKddQEDxc

http://www.youtube.com/watch?v=ZJYdoy3j5nc&list=PLA39346F8FE3EE09E

Dois depoimentos de duas grandes mulheres sobre o Andrea Matarazzo: Mara Gabrilli, deputada federal, amiga e parceira e longa data na formulação e execução de políticas públicas de acessibilidade, e Claudia Matarazzo, escritora, consultora e irmã mais nova do Andrea. Vale ver e compartilhar.

Acessibilidade: um tema permanente

Andrea Matarazzo e Mara Gabrilli na Derdic (PUC)

Acessibilidade é um tema permanente na vida do Andrea Matarazzo. Uma cidade inclusiva, que respeite os direiros das pessoas com deficiência, é o maior indicativo de uma cidade saudável — e isso não pode ser só assunto de campanha eleitoral, mas tem que se transformar em ações na prática. Na Prefeitura, o Matarazzo deu mostras de  que leva isso a sério com a reforma da Avenida Paulista, por exemplo, que hoje é um exemplo de via pública para todos os paulistanos.

Com isso em mente, Andrea Matarazzo e a Deputada Federal Mara Gabrilli, uma das maiores autoridades do Brasil em políticas públicas para pessoas com deficiência, visitaram a Divisão de Educação e Reabilitação dos Distúrbios da Comunicação (Derdic), da PUC de São Paulo, que realiza um belíssimo trabalho para este público. Lá eles falaram sobre o assunto e conheceram mais do trabalho realizado. Vale muito visitar o site da Derdic e apoiar iniciativas como essa.

Arte acessível

Exposição Olhar com Outro Olhar - Museu do Futebol

Artigo que publiquei junto com a Mara Gabrilli no Jornal MetroNews

Olhe ao seu redor e tente se colocar no lugar de quem tem algum tipo de deficiência. Seu restaurante preferido tem cardápio em Braille? Você conseguiria circular pela sua loja de departamentos favorita se estivesse em uma cadeira de rodas? A escola do seu filho está pronta para receber um aluno surdo? E no local onde você trabalha? Os funcionários são orientados para atender clientes com deficiência?

O Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência é comemorado em 21 de setembro. Nada mais apropriado do que aproveitar a época para debater o tema com profundidade. Afinal, 30 milhões de brasileiros enfrentam barreiras, diariamente, para desempenhar tarefas que o restante da população considera triviais, como fazer compras, passear na rua ou ir a um barzinho.

Quase sempre as discussões sobre acessibilidade ficam restritas à locomoção nos espaços públicos. Este é um ponto importantíssimo, pois o direito de ir e vir com autonomia é um dos mais básicos da nossa sociedade. Mas de nada adianta chegar a um lugar que não está preparado para reconhecer as diferenças e trabalhar para que o serviço seja prestado com a mesma qualidade a todos. Instalar rampas e nada mais não passa de hipocrisia.

Teatro Sérgio Cardoso é ampliado e reabre após um ano em obras

Investimento foi de R$ 7,6 milhões, segundo Secretaria da Cultura de SP.

Prédio fechou ao público no início deste ano e volta a abrir nesta semana

Fachada do Teatro Sérgio Cardoso, que passou por reforma (Foto: Daigo Oliva/G1)
Fachada do Teatro Sérgio Cardoso, que passou por reforma (Foto: Daigo Oliva/G1)

O Teatro Sérgio Cardoso, na Bela Vista, região central de São Paulo, reabre as portas nesta semana depois da reforma que durou um ano e custou R$ 7,6 milhões, de acordo com a Secretaria de Estado da Cultura. Além de obras de infraestrutura, a área do prédio foi ampliada em cerca de 900 m², totalizando 8 mil m². A entrega do teatro acontece nesta quinta-feira (8), com a presença do governador Geraldo Alckmin. A peça “Ensina-me a Viver”, com a atriz Glória Menezes, marca o retorno dos espetáculos, a partir desta sexta (9).

Guardiões das calçadas

Muito bom o artigo que a deputada federal Mara Gabrilli publicou hoje, no Diário de São Paulo, sobre a qualidade das calçadas da cidade. Como ela diz, o passeio público bem construído, conservado e limpo influi diretamente sobre um dos direitos mais básicos de todos os cidadãos: o de ir e vir.