Votação do Plano Diretor


Entenda a opinião do vereador Andrea Matarazzo sobre o Plano Diretor.

Sr. Presidente, Srs. Vereadores, quero ressaltar, como venho dizendo, que o Plano Diretor votado hoje é bastante e substantivamente melhor que o projeto enviado pelo Executivo. Foram feitas muitas reuniões, muitas discussões, mais de 60 audiências públicas com a sociedade em diversas regiões da Cidade. Enfim, pudemos apresentar um substitutivo mais atualizado e mais compatível com a realidade da Cidade.

Por outro lado, não conseguimos alterar um dos pontos fundamentais do projeto, que era a questão do adensamento generalizado. Ou seja, os eixos de transporte passam a ter em suas margens o coeficiente 4 para o adensamento, sem nenhum estudo de capacidade de suporte. Ou seja, vota-se o adensamento ao longo de todos os corredores ou todos os eixos de mobilidade sem estudar se lá existe capacidade de galerias pluviais, de rede de eletricidade, rede de comunicações ou de largura de ruas. Isso, sem dúvida nenhuma, poderá trazer imensos problemas para a cidade de São Paulo. Dou como exemplo o adensamento que acontecerá na Vila Madalena, que hoje já apresenta um trânsito muito complicado em função do movimento existente. Imagine-se aquela região adensada com mais prédios, mais moradores e mais automóveis.

Por outro lado, quando se fala em adensar ao longo dos eixos de mobilidade, tem-se a sensação de que hoje, nos eixos de transporte, corredores de ônibus, os próprios ônibus passam por eles vazios. Ou que as estações de metrô estejam com folga ou sobra de capacidade. Portanto, esse é um dos aspectos fundamentais para nós.

O outro é o alargamento de calçadas. Não se deu nenhum tratamento às calçadas. Falou-se em alargar calçadas para três metros ao longo dos eixos. Ótimo, mas quem cuidará dessas calçadas? Senão, o que vamos ter serão calçadas mais largas com mais camelôs e com mais buracos. Apenas isso. Nós, do PSDB, entendemos que calçadas são as vias públicas dos pedestres, da mesma forma que a ciclovia é a via pública da bicicleta, que o corredor de ônibus é a via pública do ônibus e a rua é a via pública do automóvel.

Por essas questões, votamos parcialmente “não”. Ou seja, somos contra elas, que esperamos poder corrigir ao longo do tempo.

Muito obrigado.